Hora certa

quinta-feira, 11 de abril de 2013

MONTANDO UMA COREOGRAFIA

Olha pessoal quem já montou uma coreografia ou pensa em montar mas não sabe nem por onde começar...então vamos lá deixarei aqui dicas simples para você e seu grupo elaborar belíssimas coreografias.


  1. Primeiramente devemos escolher a música. Escolha de inicio músicas de você goste e se identifica assim a montagem se tornara bem mais fácil. E não se esqueça do texto da dança, a mensagem que deseja passar. Podemos inverter também a ordem, em vez de escolher a música, posso pensar num texto ( mensagem) para depois escolher a melhor música para o tema escolhido. 
  2. No segundo momento temos que perceber a música, verifique o  ritmo da música, o estilo de dança que se encaixa ( ballet, street, contemporâneo, axé, etc) as repetições do refrão, as variações de tom na música, os momentos de solo, a finalização, a mensagem (introspecção, explosão, se é uma história contada, o sentimento passado através da sua letra e melodia), se cabe o uso de algum elemento (vaso, tecidos, véus, tamborins, bola, arco, fitas, etc). Mas antes dance a música perceba suas vibrações, os instrumentos e vozes. Esse momento é revelador na qual você descobri como seu corpo se comporta com a música criando um atalho para a criação dos momentos.
  3. Feito feito isso coloque no papel isso ajudará a esquematizar sua dança, como esqueleto as ideias ficam mais claras norteando o momento de criação.
  4. Seguindo mais adiante é hora de esquematizar as sequências de passos, momento de colocar a técnica escolhida em ação. Deixe os passos mais elaborados ( como saltos, giros etc)  para os momentos de maior vibração musical.
  5. Já com o esqueleto pronto é hora de colocar a roupa e se atentar para a limpeza da coreografia. Algumas imperfeições, seja no sincronismo, na expressão, na posição da mão, ou do pé, nas paradas bruscas ou movimentos secos, enfim... neste ponto, um espelho é essencial. Mas caso não conte com o espelho tenho uma dica legal, filmar a coregrafia e depois assistir possibilita as correções  dessa forma  os detalhes poderão ser limpos. Ou alguém do grupo pode assistir e repassar para os colegas ondem deve ser melhorado.
  6. E por fim tornamos a verificar se mensagem escolhida está claramente, hora de analisar se tem algum movimento que não ficou claro, se todos estão realizando com a mesma desenvoltura. Se for o caso podemos substituir ou treinar se tiver tempo para tal. Cabe o grupo decidir o melhor caminho.
  7. Coreografia pronta pense agora no figurino e nos elementos de cena. O figurino deve compor a dança, deve fazer parte dela. Para que não prejudique a realização dos movimentos e ajude na transmissão da mensagem. E por fim teste a roupa antes da apresentação oficial, se for utilizar objetos treine com eles para ver o tempo gasto e outros detalhes.
  8. Estabeleça dias e horários para os ensaios, a prática leva a perfeição.
  9. É por fim dance como se ninguém tivesse olhando, de corpo e alma.
Espero que tenha ficado claro e que possam aproveitar o máximo dessas dicas simples. Então tá esperando o que ? Mãos a obra!

Att, Michelle Benevides

domingo, 1 de julho de 2012

LIÇÃO 5 termos de ballet

Bom dia amadas bailarinas estou postando nossa lição 5. Essa vai exigir um pouco mais de tempo para pesquisar, mas é muito importante saber as definições desses termos para a evolução de nossas aulas. Boa sorte!Bjão da profe...















Seu comentário é importante!

PESQUISAR NESTE BLOG

Carregando...